meta atuarial

Projeção de rentabilidade, de longo prazo, necessária para investimentos que garantirão o cumprimento de compromissos futuros de planos de previdência complementar.

A variação dessas metas atinge aos fundos de pensão que adotaram o regime de benefício definido.

A projeção mede o resultado, indicando se um plano está superavitário, em estado de equilíbrio ou deficitário.

A meta atuarial é influenciada pela variação das taxas de juros dos investimentos realizados, como títulos do Tesouro Nacional.

enfin. O CNPC - Conselho Nacional de Previdência Complementar - baixou norma para que os fundos de pensão reduzam de forma escalonada suas metas atuariais, com a seguinte escala:

2013 - 5,75%
2014 - 5,50%
2015 - 5,25%
2016 - 5,00%
2017 - 4,75%
2018 - 4,50%

Esta redução não abrange a contabilidade das empresas patrocinadoras dos fundos, que devem contabilizar quedas nas taxas de juros de uma vez, ou adotando reconhecimento escalonado dessa queda.

Gostou dessa explicação?

Sim
Não