termo de adesão

Atestado formal, assinado pelo investidor cotista, ao subscrever quotas de um fundo de investimento, de que recebeu o respectivo prospecto e o regulamento, que tomou ciência da política de investimento, da possibilidade de ocorrência de patrimônio negativo e de sua responsabilidade por aportes adicionais de recursos, e tem conhecimento das taxas de administração e do risco do investimento.

A instituição administradora deve manter o termo de adesão à disposição da fiscalização da CVM - Comissão de Valores Mobiliários - devidamente assinado pelo investidor ou sistema eletrônico reconhecido por auditoria de sistemas.

As adesões realizadas em agências bancárias e por meio da Internet são válidas.

Gostou dessa explicação?

Sim
Não