suitability

Processo para determinar se uma estratégia de investimento é apropriada (ou adequada) para o perfil de determinado investidor, baseado em seus objetivos e sua situação financeira.

enfin. A política de suitability deve ser documentada e deve estabelecer diretrizes relacionadas à classificação de clientes e produtos e procedimentos utilizados na negociação e contratação da operação.

É um procedimento já comum nos mercados europeu e norte-americano.

Através dele o gerente ou consultor de investimentos, já conhecendo a situação financeira, os objetivos e a experiência financeira de seus clientes, deverão informá-los se os investimentos que eles oferecem são os mais adequados.

Com essa providência, as instituições financeiras assegurarão melhor padrão de serviços financeiros a seus clientes, pois uma recomendação de investimentos será apoiada em metodologia que garanta que aquela é, efetivamente, a melhor opção de investimento para o cliente assistido.

No Brasil, uma política de suitability é orientada pela ANBIMA.

As instituições associadas à entidade devem elaborar um laudo descritivo de avaliação dos procedimentos adotados para a verificação da adequação dos investimentos recomendados, e enviá-los anualmente à ANBIMA, até o último dia útil do ano civil, contendo informações suficientes para evidenciar a efetividade dos controles internos adotados pelas instituições participantes.

Exemplo

a uma viúva com 85 anos de idade não se deve oferecer investimentos de longa maturação ou muito especulativos, estes últimos caracterizados por alta volatilidade e alto risco, porque essa senhora, provavelmente, terá grande aversão a esses riscos.

Gostou dessa explicação?

Sim
Não