South Sea Bubble

Bolha dos Mares do Sul

Companhia dos Mares do Sul foi uma empresa privada formada em 1711 em Londres, com direitos de comércio com a América do Sul, onde o comércio de escravos atraía capitais de toda a Europa. 

O objeto social da companhia foi aos poucos se alargando para novas atividades, até que, no final da década, o governo inglês, sobrecarregado por dívidas de guerra, sentiu-se atraído pela oferta da companhia, de assumir parte da dívida nacional. Políticos vorazes encamparam a ideia, e as ações da companhia cresceram mais de 1.100%, saindo de 128 para mais de 1.050.

O clime de especulação explodiu no país, e chegou ao ponto de uma empresa atrever-se a anunciar "uma grande vantagem, que ficaria em completo segredo". Com isso vendeu milhares de ações... 

Foi em 1720 que os investidores acordaram, e começaram a tentar livrar-se das ações da companhia. Uma orgia de vendas trouxe seu valor de volta aos níveis de 100. 

Milhares de pessoas perderam tudo, muitos se suicidaram. O Postmaster General envenenou-se. Os livros da companhia foram mutilados. Descobriu-se que 462 parlamentares dos "comuns" e 122 dos "lordes" estavam envolvidos nas falcatruas. 

A bolha (the bubble) havia estourado. 

(fonte: História dos Povos de Língua Inglesa, de Sir Winston Churchill)




Gostou dessa explicação?

Sim
Não