Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP)

Instituição que realiza empréstimos ou financiamentos entre pares (peer-to-peer lending), interpondo-se entre credor e devedor, típico de uma intermediação financeira clássica. 

Os credores podem ser pessoas físicas, instituições financeiras, fundos de direitos creditórios e securitizadoras (desde que por meio de investidores qualificados) e empresas não financeiras.

As SEP não podem fazer operações com recursos próprios, e os empréstimos entre um credor e um mesmo devedor estão limitados a R$15 mil. O objetivo da vedação é garantir a segurança do credor, porque esse tipo de operação não tem cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Poderão ainda prestar outros serviços associados, como análise de crédito para terceiros, representação de vendas de seguros associados às operações que elas realizam e emissão de moeda eletrônica. 

Veja também:

Gostou dessa explicação?

Sim
Não