Princípio da Prudência

Princípio contábil que diz que os componentes patrimoniais devem apresentar menor valor para os componentes do Ativo e maior valor para os do Passivo.

Os elementos do Ativo devem ser avaliados pelo seu custo original atualizado ou o preço de mercado, valendo o que for menor.

Os elementos do Passivo devem ser avaliados pelo seu valor contratual de pagamento.

Devem ainda ser efetuadas provisões para pagamento de obrigações previsíveis ou calculáveis, incluindo as eventuais contingências passivas.

Gostou dessa explicação?

Sim
Não