guidance

Abreviação de quarterly earnings guidance.

Comunicação da companhia a acionistas, investidores, analistas e outros profissionais, relatando o rumo esperado para os resultados da companhia.

Considera-se ser um indicador confiável do desempenho futuro da companhia.

Espera-se que a divulgação do guidance auxilie na moderação da volatilidade da ação em Bolsa, na manutenção de um canal de comunicação aberto com os investidores, e, em consequência, em melhor esclarecimento da situação da companhia.

Pode exercer influência nas recomendações de retenção, de compra ou de venda da ação da companhia.

(condensado de trabalho de Bruno Furiati, da Motta, Fernandes Rocha Advogados)

Gostou dessa explicação?

Sim
Não