FBCF - formação bruta de capital fixo

Operação do Sistema de Contas Nacionais (SCN) que registra a ampliação da capacidade produtiva futura de uma economia por meio de investimentos correntes em ativos fixos, ou seja, bens produzidos factíveis de utilização repetida e contínua em outros processos produtivos por tempo superior a um ano sem, no entanto, serem efetivamente consumidos pelos mesmos.

Não inclui bens duradouros destinados a fins militares.

Diz-se bruta porque engloba o investimento de substituição e o investimento líquido.

enfin. O indicador mede o quanto as empresas aumentaram os seus bens de capital. São basicamente máquinas, equipamentos e material de construção. Ele é importante porque indica se a capacidade de produção do país está crescendo e também se os empresários estão confiantes no futuro.

Decompõe-se em: investimento produtivo das empresas residentes (máquinas, edifícios para produzir bens e serviços); investimento das administrações (equipamentos colectivos); investimento das famílias (principalmente em habitações).

Também denominada

taxa de investimento

Gostou dessa explicação?

Sim
Não