crowdfunding

Financiamento coletivo para a obtenção de capital para iniciativas de interesse coletivo através da agregação de múltiplas fontes de financiamento, em geral pessoas físicas interessadas na iniciativa.

O termo é muitas vezes usado para descrever especificamente ações na Internet com o objetivo de arrecadar dinheiro para artistas, jornalismo cidadão, pequenos negócios e startups, campanhas políticas, iniciativas de software livre, filantropia e ajuda a regiões atingidas por desastres, entre outros.

enfin. O crowdfunding passou a ocorrer, fundamentalmente, pela utilização de páginas eletrônicas na rede mundial de computadores, onde são ofertadas participações (ou títulos eventualmente conversíveis em participações) em empresas inovadoras em fase inicial de atividades (startups).

Em julho de 2017, a CVM baixa a Instrução 588, que regulamenta o crowdfunding.  

Pela nova regra, companhias que faturam menos de R$ 10 milhões por ano podem arrecadar até R$ 5 milhões por meio da ferramenta. 

Sites de financiamento precisarão de autorização da CVM para funcionar e poderão cobrar taxas de desempenho dos investidores caso os negócios nos quais eles apostarem tenham sucesso. As  ofertas de crowfunding realizadas nas plataformas autorizadas pela CVM não precisarão de registro na autarquia.


Gostou dessa explicação?

Sim
Não